TRATAMENTOS HBP

O tratamento da Hiperplasia Benigna da Próstata pode ser dividido em médico ou cirúrgico. O início da terapêutica médica depende essencialmente do grau de incómodo que advém dos sintomas urinários.

O tratamento cirúrgico utiliza-se quando o tratamento médico não se mostra eficaz ou quando estamos perante  uma das seguintes situações: insuficiência renal, retenção urinária recidivante ou crónica, infecções urinárias de repetição, episódios frequentes de sangue na urina, presença de litiase vesical (pedras na bexiga).

 

TRATAMENTO MÉDICO 

Fitoterapia, Alfa-bloqueantes, Inibidores da 5 Alfa-reductase são as principais classes de terapêutica médica. Podem ser utilizados isoladamente ou em associação. Têm perfis de efeitos secundários completamente diferentes.

 

REZUM

Procedimento endoscópico realizado em ambulatório com anestesia local ou sedação ligeira que consiste na introdução de energia térmica (vapor) no interior da próstata - ​Não causa disfunção sexual

 

RTU-P

Procedimento endoscópico que consiste na remoção de pequenas "lascas" de tecido prostático que são posteriormente evacuadas.

Eficaz para próstatas até 60cc.

 

CIRURGIA ABERTA

Procedimento cirúrgico clássico, normalmente realizado através de uma incisão na pele entre o umbigo e osso púbico.

Obriga a um internamento de 3 a 5 dias, normalmente reservada para próstatas volumosas.

 

Nota - Ao contrario daquilo que muitos pacientes julgam, a disfunção eréctil é excepcional após qualquer destas técnicas. O factor negativo normalmente associado a estes procedimentos é a ausência de ejaculação: "orgasmo seco”.

AV. DA BOAVISTA 117
SALA 504
PORTO-PORTUGAL

+351 226 000 580

+351 914 874 001

GERAL@PROSTATAFOCAL.COM

MARQUE A SUA CONLUTA

INSTITUTO DE TERAPIA FOCAL DA PRÓSTATA© 2020 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. DESENVOLVIDO POR DISAINE

  • Wix Facebook page
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube